EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A Lenovo parece pronta para furar a rival chinesa Vivo (não confundir com a operadora de telefonia). A empresa marcou a data para apresentar o ambicioso Z5, que tem sido destacado por executivos da empresa como o primeiro celular realmente sem bordas a chegar ao mercado.

O vice-presidente da Lenovo confirmou que o smartphone será apresentado no dia 5 de junho, exatamente uma semana antes do aparelho da Vivo, que será revelado no dia 12, também com uma parte frontal totalmente coberto pela tela, com uma câmera frontal “pop-up”, com um mecanismo que faz com que ela apareça só na hora de tirar a foto.

publicidade

O executivo em questão é Chang Cheng, que também era CEO da finada ZUK, uma marca que fazia parte da Lenovo mas que foi aposentada com a aquisição da Motorola. Ele afirma que o Z5 é o sucessor espiritual de modelos da ZUK como o Z1, Z1 Pro, Z2 e Edge.

As promessas de Cheng são as mais ambiciosas possíveis. Além da tela que ocupa cerca de 95% da parte frontal do celular sem precisar do infame entalhe do iPhone X, o executivo promete armazenamento interno de 4 TB (isso mesmo: terabytes), o que é completamente fora da realidade atual, e 45 dias de bateria em stand-by. Até mesmo quando a bateria chega ao 0%, o aparelho ainda é capaz de permitir uma chamada de telefônica de até 30 minutos.

Segundo o executivo, isso é possível graças a quatro descobertas tecnológicas com base em 18 patentes detidas pela Lenovo. Agora é esperar para ver se essas promessas se cumprem ou se Cheng está exagerando nas capacidades do smartphone. Se tudo for verdade, também será interessante ver quanto esse celular vai custar.

publicidade