EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Um grupo de hackers conseguiu minerar US$ 800 mil em criptomoedas após invadir mais de 100 mil computadores em cybercafés de 30 cidades chinesas. Conforme relata o Coindesk, os cibercriminosos tiveram ajuda de empresas de manutenção de computadores para realizar as invasões.

A polícia na cidade de Rui’An, na província de Zhejiang, prendeu 16 suspeitos que ganharam 5 milhões de yuans (US$ 800.000) com a mineração de criptomoedas desde julho do ano passado.

publicidade

Os hackers desenvolveram um malware que pode minerar a moeda siacoin em um dispositivo afetado. Depois, os cibercriminosos vendiam o malware para empresas de manutenção de computadores que supostamente ajudaram a injetar o vírus em computadores de cybercafés enquanto realizam procedimentos de rotina.

O grupo começou a ser investigado em julho de 2017, quando os estabelecimentos de Rui’An começaram a perceber que seus computadores estavam extremamente lentos. Como a maioria dos cybercafés da região usou a mesma empresa de manutenção de computadores, a polícia prendeu o diretor executivo da companhia em agosto, que posteriormente revelou informações sobre os hackers.

publicidade