EnglishPortugueseSpanish
publicidade

(Atualizado às 18h30 com o posicionamento das três operadoras)

Depois de alguns atrasos e adiamentos, aconteceu: segundo a Agência Brasil, a Anatel autorizou o uso da faixa de frequência de 700 MHz para o 4G em São Paulo e na região metropolitana da capital. A novidade vai permitir que as operadoras ampliem o sinal e a velocidade da conexão, já que as ondas nesse espectro alcançam distâncias maiores e conseguem passar mais facilmente por obstáculos. Vivo, Claro e Tim confirmara ao Olhar Digital que já começaram a aproveitar a frequência.

publicidade

Os 700 MHz já estavam liberados para o 4G em mais de 3.800 municípios, e a Anatel começou a falar em ativar a frequência em São Paulo – e também em Belo Horizonte, Curitiba e Porto Alegre – ainda em maio deste ano. No entanto, até então, as operadoras haviam conseguido acesso ao espectro apenas nas capitais mineira, paranaense e gaúcha;

Além de São Paulo, o 4G de 700 MHz chegará a Santo André, São Bernardo e São Caetano, alcançando possivelmente cidades vizinhas graças à maior penetração da onda. Até então, as quatro cidades tinham acesso apenas às faixas de 1.800 e 2.600 MHz.

Ainda que tenha demorado um pouco mais do que o previsto há alguns meses, a ativação da faixa se deu bem antes do que foi antecipado em 2014. Há quatro anos, a expectativa era de que os 700 MHz, antes usados pela TV analógica, só estivessem liberados para o 4G no final de 2019 em São Paulo.

E o que isso muda na sua vida?

publicidade

Com uma rede de maior alcance, é bem provável que seu sinal de 4G melhore assim que as operadoras ativarem a tecnologia. As ondas de 700 MHz alcançam distâncias maiores e têm melhor penetração em obstáculos, como paredes, o que significa que sua conexão deverá funcionar bem mesmo em ambientes internos.

A frequência também deve ajudar as empresas a baratear os custos de operação e expansão, cobrindo áreas mais extensas com menos equipamentos. A faixa também pode ser usada para oferecer velocidades maiores de acesso quando aliada às outras já disponíveis, o que significa um eventual crescimento nas ofertas de 4,5G e também de recursos como as chamadas de voz sobre LTE (VoLTE), para ligações com melhor qualidade de áudio.

Quando começa a valer?

Em contato com o Olhar Digital, TIM, Claro e Vivo confirmaram que já ativaram o 4G na frequência dos 700 MHz na tarde desta terça-feira.