EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Demorou, mas, em evento realizado nesta quinta-feira, a Asus finalmente trouxe o Zenfone 5 e o Zenfone 5z para o Brasil. Os modelos anunciados no Brasil mantêm as configurações dos aparelhos lançados lá fora, mas com uma novidade para o 5: uma versão com 128 GB de espaço para armazenamento. Os dois chegam por aqui custando até R$ 2.500 (Zenfone 5 com 128 GB) e até R$ 3.800 (Zenfone 5z com 8 GB de RAM e 256 GB de espaço). Acompanhando ambos, ainda estão o Zenfone 5 Selfie Pro, o Selfie e um modelo Max Pro com Android puro.

O aparelho principal foi anunciado em fevereiro deste ano, durante a Mobile World Congress, e lançado no exterior ainda em maio. Ele é um intermediário com algumas características de um celular mais premium: o processador é um Snapdragon 636 com 4 GB de RAM (a versão com 6 GB foi cancelada), e há opções com 64 e 128 GB de capacidade de armazenamento.

publicidade

Na traseira de vidro, o modelo traz um leitor de digitais e um par de câmeras com sensores de 12 (abertura f/1.8) e 8 megapixels (grande-angular). Na frente, a tela LCD IPS de 6,2’’ tem resolução Full HD+ e a lente frontal conta com sensor de 8 megapixels (f/2.0). O aparelho é dual-sim e compatível com cartão microSD, e traz ainda bateria de 3.300 mAh. Ele roda Android 8.0 e seus preços vão de R$ 2.000 a R$ 2.250.

O Zenfone 5z tem o corpo igual e mantém a mesma câmera e a tela. O que muda são o chip (Snapdragon 845), as opções de RAM (4, 6 e 8 GB), o armazenamento (até 256 GB) e o processador de imagem. O preço também é diferente e consideravelmente mais alto: chega a até R$ 3.400 à vista.

O Zenfone 5 Selfie Pro, por sua vez, é um lançamento exclusivo do Brasil. Ele tem um processador um pouco mais fraco, um Snapdragon 630, e vem com 4 GB de RAM e 64 ou 128 GB de armazenamento. Há duas lentes na câmera traseira, com a principal de 16 megapixels e abertura f/2,2, mas na frente há dois sensores, com um principal de 20 megapixels e lente com abertura f/2.0.

publicidade

O aparelho mantém a tela Full HD+ e também é dual-sim com suporte a cartão microSD, tem bateria de 3.300 mAh e vem com Android 7.0 instalado. Ele chega com preço sugerido de R$ 1.700 reais.

Já o Zenfone 5 Selfie (sem o sufixo Pro) é consideravelmente menos potente: ele usa um chip Snapdragon 430, com 3 ou 4 GB de RAM e até 64 GB de espaço. O suporte a dois chips de celular e a cartão microSD também está presente, assim como a bateria de 3.300 mAh e o Android 7. O preço é mais baixo, começando nos R$ 1.500.

A grande surpresa fica por conta do Zenfone Max Pro, um modelo com Android Puro, versão Oreo 8.1. Ele usa o mesmo processador do Zenfone 5 e terá versões com 3 ou 4 GB de RAM e 64 GB de armazenamento. O destaque fica por conta da bateria de 5.000 mAh.

A tela Full HD+ tem 6” e as câmeras são mais simples que as dos aparelhos irmãos: a traseira é dupla, com o sensor principal de 13 megapixels, mas não há uma lente grande angular. Enquanto isso, a frontal tem 8 megapixels e flash LED. O modelo vai custar até R$ 1.550 à vista.

Todos os modelos estão disponíveis a partir de hoje, com exceção do Max Pro de 4 GB de RAM, que chega apenas em setembro.