EnglishPortugueseSpanish

A Logitech resolveu apresentar um mouse bastante diferente do convencional. A empresa revelou o MX Vertical, que, como o próprio nome já entrega, tem o diferencial de ter sido projetado para ser usado na vertical, ao contrário dos mouses convencionais, usados na horizontal.

O conceito de mouse vertical, apesar de não ser exatamente novo, ainda é bastante incomum. Para quem não está familiar, a ideia é que o mouse seja segurado como se você estivesse dando um aperto de mão em alguém, com os botões posicionados no lado direito, obviamente onde os dedos repousam.

publicidade

A ideia de um mouse vertical é que essa forma de segurar cause menos desgaste no punho e no antebraço. O modelo da Logitech chega a ser até mais pesado do que uma versão mais convencional do periférico, pesando 135 gramas, mas o manuseio mais ergonômico compensa o peso extra, segundo a empresa.

Além dos três botões convencionais de um mouse, o MX Vertical conta com dois botões personalizáveis no lado esquerdo e outro botão que pode ajustar a velocidade do ponteiro na tela. Um aplicativo para desktop também permite customizar uma série de gestos que funcionam em conjunto com a tecla Fn do seu teclado; por exemplo, você pode pular uma música que está ouvindo movendo o mouse para a direita enquanto segura essa tecla.

O mouse se conecta a computadores por meio de USB-C, Bluetooth ou pelo receiver USB da própria Logitech, que permite conectar até seis acessórios sem fio a uma única entrada USB. Quem se interessou pode esperar até setembro, quando o mouse será lançado nos EUA por US$ 100 (aproximadamente R$ 400 na cotação atual do dólar, sem incluir impostos na conta).

publicidade