EnglishPortugueseSpanish

Depois de xadrez, do jogo de tabuleiro chinês Go e de Dota 2, chegou a hora da inteligência artificial aprender outra modalidade, dessa vez de cartas: Yu-Gi-Oh. Responsável pela distribuição do anime e dos games relacionados, a Konami criou uma IA capaz de identificar as mais de 9 mil cartas diferentes disponíveis no jogo.

O projeto foi apresentado há alguns dias em um encontro da Computer Entertainment Supplier’s Association (CESA), associação japonesa responsável por promover a indústria tecnológica no país. Segundo uma reportagem do Kotaku, citando o veículo local Nikkei, essa é na verdade a segunda vez que a Konami tenta algo do tipo — mas a primeira em que é bem-sucedida.

publicidade

De acordo com o site japonês, o modelo original desenvolvido pela empresa levou 20 dias para “memorizar” as 9 mil cartas em um processo de aprendizado de máquina. No entanto, mesmo depois de finalizar o treinamento, a IA não era capaz de identificar os cards com mais de 50% de precisão.

O método de ensino, então, foi modificado, e os pesquisadores passaram a usar versões diferentes das cartas criadas com computação gráfica, criando versões delas descritas como “semitransparentes”. As composições não são facilmente diferenciáveis pelo olho humano, mas as características de cada card ficaram mais evidentes para o computador, de acordo com a reportagem do Nikkei.

O processo de aprendizado durou entre quatro e cinco dias, e a precisão na identificação aumentou para 100%, segundo os pesquisadores. A IA ainda não sabe jogar, no entanto — mas ter todas as cartas memorizadas de cabeça já é um bom primeiro passo para começar a duelar.

publicidade