EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Dona de certa fama no século 20 junto com a também soviética LOMO, a marca de câmeras Zenit está de volta. Em parceria com a Leica, ela vai estampar um novo modelo compacto com sensor full-frame de 24 megapixels. O aparelho é baseado na Leica M Type 240, mas tem um visual modificado para lembrar o design dos velhos equipamentos da União Soviética.

A Zenit M vem com uma lente Zenitar de 35mm com abertura f/1,0 fabricada na Rússia, que permite aplicar efeitos como bokeh sem precisar de processamento digital. Fora o acessório, o aparelho é equipado com uma tela de 3 polegadas, grava vídeos em HD e tira até três fotos por segundo. Seu ISO chega a até 6.400. Não é tão extraordinário quanto as especificações das full-frame mirrorless que vimos recentemente, mas há um todo fator saudosismo aqui.

publicidade

A marca Zenit original nasceu em 1952 e seus modelos eram fabricados pela KMZ. Ela ficou conhecida pelos modelos SLR com lentes de 35mm com um visual todo “quadradão”, e seus produtos chegaram a ser exportados para mais de 70 países antes do encerramento de suas atividades, ainda em 2005.

Fora as câmeras com o design icônico, a empresa também ganhou fama por causa da linha FotoSnaiper (ou PhotoSniper) de kits. Tratava-se, na verdade, de um conjunto com uma lente super-zoom de 300mm e um suporte para apoiar o equipamento que mais lembrava o corpo de um rifle. Sua empunhadura, inclusive, era a mesma de uma arma.

(Foto: Wikimedia Commons)

publicidade

O novo modelo Zenit M não deverá ser compatível com o suporte (o que não deixa de ser uma boa notícia) e chegará aos EUA, à Europa e à Rússia ainda neste ano. Só não espere nada muito próximo da URSS: como lembrou o TechCrunch, se os modelos baseados na plataforma Leica M Type servirem de indicativo, ela deverá chegar por mais de 6.000 dólares.