A Apple atualizou nesta semana sua lista de produtos “clássicos” e “obsoletos” no mundo todo. A novidade é que o iPhone 5, lançado em 2012, entrou para a categoria de dispositivos obsoletos e agora não tem mais suporte a reparos pela fabricante.

A política da Apple é de fornecer reparos e opção de troca para seus aparelhos por no máximo cinco anos após o fim da fabricação. Quando um produto entra na lista de “obsoletos”, a Apple não se compromete mais a consertar uma unidade com problemas.

publicidade

Na lista dos “clássicos”, porém, ficam os produtos com tratamento especial, geralmente reservados a países onde, por lei, a Apple é obrigada a oferecer um período de garantia e suporte maior. A obsolescência do iPhone 5 também vale para o Brasil.

O celular foi lançado em 2012 e foi o primeiro a vir com tela de 4 polegadas. Também foi o último cujo desenvolvimento foi supervisionado por Steve Jobs, que faleceu um ano antes. O iPhone 5 já não recebe mais atualizações do sistema desde 2016, quando chegou ao iOS 10.

O site 9to5Mac diz que, segundo fontes próximas à Apple, a empresa está preparando o lançamento de um novo programa de suporte destinado apenas a dispositivos mais antigos, incluindo o iPhone 5. A Apple, porém, não anunciou qualquer coisa do tipo oficialmente ainda.