EnglishPortugueseSpanish

O atual modelo de trabalho nas empresas já está sofrendo mudanças: em breve os profissionais poderão chegar no escritório e trabalhar em qualquer notebook, bastará colocar seu login e senha para ter acesso aos arquivos. Essa tendência será possível graças ao conceito de computação em nuvem.

Mas você sabe o que isso significa? A computação em nuvem é uma tecnologia que permite o armazenamento de dados, servidores e arquivos em uma rede online, sem precisar da instalação de programas no notebook. Os dados podem ser acessados a partir de qualquer dispositivo em qualquer local.

publicidade

Um estudo feito pela KPMG Internacional através de entrevistas com cerca de 500 executivos globais (incluindo o Brasil) de diversos segmentos aponta que 50% das empresas aderiu à computação em nuvem para diminuir custos e 42% dos entrevistados acreditam que há melhoria na flexibilidade e mobilidade das equipes de trabalho. Ainda segundo a pesquisa, os empresários estão cada vez mais adeptos ao armazenamento de dados na nuvem, já que acreditam que essa tecnologia é sinônimo de avanço e transformação.

Alguns benefícios de utilizar o armazenamento em nuvem são:

– Segurança: os arquivos são acessados apenas pelo usuário por meio de login e senha e a nuvem permite controlar o acesso de usuários, compartilhando arquivos com pessoas específicas. Além disso, a maioria dos provedores oferecem políticas que protegem os dados e arquivos contra ameaças;

– Economia: essa tecnologia elimina o gasto com serviços de suporte técnico, servidores, compra de hardware e software e economiza na demanda de eletricidade; 

publicidade

– Sustentabilidade: os serviços em nuvem economizam energia, espaço, refrigeração, além de diminuir as despesas com impressão de documentos que podem ser acessados virtualmente; 

– Acessibilidade: a nuvem permite que você tenha acesso a planilhas, fotos, textos, músicas e vídeos em qualquer lugar, a qualquer momento. Como o armazenamento é em um servidor, é possível utilizar qualquer máquina para acessar os documentos. 

As fabricantes de notebooks já estão oferecendo máquinas com o conceito de grab and go para empresas, ou seja, o funcionário não tem mais a própria máquina, ele chega e pega qualquer equipamento. Para isso, é preciso que o notebook tenha especificações direcionadas ao ambiente corporativo, como um chassi fino, leve, elegante e bonito, com alta capacidade de processamento para que o profissional possa trabalhar com o conceito de nuvem, autonomia de bateria longa e até caneta acoplada.  

Recentemente, no evento Google Cloud Summit em São Paulo, foram apresentados diversos equipamentos direcionados para a área corporativa que estarão disponíveis para entrega de acordo com a demanda. A Acer esteve presente como parceira e anunciou que atuará com mais presença nesse mercado e que investirá no Brasil. Sinal de que o futuro também está chegando aqui!