EnglishPortugueseSpanish

Os drones permitem criar fotografias áreas incríveis, inspiradoras e são divertidos de usar. Na área profissional, já são utilizados por muitos estúdios para ter um resultado diferente nas fotos e filmagens, pois os ângulos oferecidos por um drone deixam vídeos e fotos melhores. Embora possa parecer um pouco difícil no começo, pilotar um drone é uma das experiências mais interessantes que você pode ter. Mas é preciso fazê-lo com segurança.

Existem leis que precisam ser cumpridas, pois como um drone oferece bastante liberdade, ele pode ser mal utilizado. Um dos exemplos negativos é quando um ou mais drones estão em locais próximos a aeroportos. Isso pode causar um acidente grande e, quando não causa acidente, deixa os aeroportos em alerta, paralizando voos, ocorrendo em atrasos e transtornos para os passageiros e para a própria companhia aérea.

publicidade

Para evitar este tipo de coisa, reúni neste artigo algumas dicas sobre como pilotar um drone legalmente e quais medidas de segurança você pode tomar para não fazer feio durante a pilotagem de um destes gadgets.

1. Cadastre seu drone

Todas as operações de aeronaves remotamente pilotadas (RPAs/DRONES) – sejam elas de uso recreativo, corporativo, comercial ou experimental – devem seguir as regras da Agência Nacional de Telecomunicações (ANATEL), da Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) e do Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA).

Antes de mais nada, o primeiro passo para quem quer pilotar um drone é o cadastro do equipamento na página web do SISANT da ANAC – Agência Nacional de Aviação Civil e o identificar com o número de registro, que tem a validade de 24 meses. Além disso, para pilotar fora de áreas adequadas é necessário cadastrar o drone  no SARPAS do DECEA – Departamento de Controle do Espaço Aéreo.

2. Onde praticar voo?

O próximo passo é estudar o espaço em que se pretende voar o drone. Em um novo local, sempre é necessário observar o terreno ao redor. Isso é feito para que não haja surpresas na decolagem e quando estiver no ar. Certifique-se sempre de verificar onde estão os aeroportos e heliportos locais – por razões de segurança, não se pode voar perto deles.

Como a popularização dessas aeronaves é um fenômeno recente, aeroportos no mundo ainda tentam se adaptar. Alguns fabricantes de drones, usam até tecnologia para garantir que seus aparelhos não entrem em áreas de aeroportos. A DJI, por exemplo, possui um recurso chamado Geofencing, que impede a entrada em áreas restritas de aeroportos. Além disso, ela também desenvolveu um sistema de Identificação Remota, chamado AeroScope, que fornece informações sobre localização e número de série de drones DJI para autoridades policiais, de segurança nacional e de segurança da aviação. O AeroScope foi implantado em aeroportos, estádios e grandes espaços públicos em todo o mundo.

Descubra regras e regulamentos de voo locais para ajudar a voar com tranquilidade. Para maior segurança, mantenha seu drone no modo GPS enquanto estiver voando, pois só assim o software irá saber em que área ele está sobrevoando.

Antes de cada voo, preste atenção ao terreno e prepare-se para diferentes condições climáticas: vento, chuva e temperatura podem afetar significativamente o desempenho do voo. É um bom plano adiar o voo se parecer que a chuva pode estar no horizonte. Não só a água da chuva pode afetar equipamentos eletrônicos, mas também pode prejudicar a visibilidade e os sinais de transmissão. Assim como a chuva, o vento e a temperatura também podem afetar o voo, incluindo quanto tempo de bateria ainda resta.

3. Conheça seu drone

É importante pegar alguns minutos do dia para se familiarizar com o drone. Aprender sobre os controles, configurações e descobrir informações importantes sobre o desempenho da bateria. Além disso, é muito importante pesquisar sobre regras de tráfego aéreo na área em que o usuário pretende voar.

Mesmo quem nunca pilotou um drone antes, pode se tornar um mestre em um curto período de tempo praticando. Muitos modelos possuem modos iniciantes e simuladores que permitem o costume com os controles e voe de maneira segura, sem colocar o equipamento ou qualquer outra pessoa em perigo.

Há equipamentos que oferecem um simulador que conecta o controle ao seu telefone ou tablet em um modo iniciante que restringe a altitude e a velocidade do drone. Esses dois modos oferecem uma grande oportunidade para os pilotos novatos construírem sua confiança antes de embarcarem em um voo completo.

4. Conheça as funções do seu controle

Muitos drones usam um layout de controle padrão, consistindo de bastões de controle e botões. Enquanto a aparência pode diferir em forma e tamanho, as funções fundamentais são as mesmas. Normalmente, o layout do controle é bastante intuitivo e fácil de operar.

Não se esqueça de lembrar qual lado do drone é a frente, para que você possa lembrar qual é o caminho para frente e para trás. O ideal é estudar o controle antes de levantar vôo. Faça uma simulação apenas para pegar o jeito do controle, adaptar o posicionamento das mãos e dedos às manoplas e aos botões. Dessa forma você terá mais segurança e firmeza no momento da pilotagem real.

5. Lista de verificação pré-voo 

Já familiarizado com o drone, seus controles e sabendo o local ideal para praticar voos, verifique todos os itens abaixo antes de colocá-lo aos céus:

•    A condição física do drone. Procure por sinais de desgaste ou rachaduras nas hélices;

•    Regras e regulamentos para a área em que planeja voar;

•    Verifique se as baterias estão carregadas e possuem energia para o voo;

•    Se o controlador e drone estão conectados corretamente;

•    Preste atenção às condições meteorológicas;

•    Veja se a área em torno do seu drone para determinar se é claro para decolar e pousar;

•    As configurações da  câmera . Ser capaz de ver o que o drone vê faz para um voo mais seguro;

•    Certifique-se de que há um cartão de memória no drone se você planeja tirar fotos ou gravar vídeos;

•    Anuncie a alguém próximo ao drone que você está prestes a decolar;

•    Monitore as configurações do drone enquanto voa.

Para finalizar, depois que você já ficou confortável com os controles e como o seu drone opera, lembre-se que a prática leva à perfeição. Prepare-se para se divertir e também para fazer ótimas imagens aéreas.