EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O bug no aplicativo FaceTime, vindo na atualização 12.1.4 do iOS, continua a causar problemas. Depois de tentar corrigir uma falha que permitia escutas não autorizadas — e que forçou a Apple a desativar temporariamente o recurso —, o app foi restaurado para usuários que haviam instalado o novo iOS. 

No entanto, alguns deles relataram no MacRumors que nem todos os recursos do FaceTime para grupos estão funcionando como antes. Não é possível, por exemplo, adicionar um terceiro participante à chamada. Isso acontece porque, de acordo com os usuários, o botão para adicionar fica esmaecido.    

publicidade

O suporte da Apple confirmou a limitação. Em resposta a um usuário no Twitter, a companhia informou que o FaceTime para grupos precisa ter pelo menos três pessoas na chamada para que o botão “Adicionar pessoa” seja usado. 

Existem limitações no uso do aplicativo. Primeiramente, todos os usuários em uma chamada precisam usar o iOS 12.1.4. Em segundo lugar, o recurso para adicionar não funciona da maneira informada no documento de suporte do aplicativo — publicado no lançamento da atualização.

Provavelmente outra correção será oferecida para a nova falha. A diferença é que, por não se tratar de um tema tão sensível como espionagem, não haverá pressa por parte da organização. Inclusive, é provável que ela só seja empacotada com o iOS 12.2 — atualmente em versão beta. 

O Olhar Digital informou sobre o bug de espionagem do FaceTime. A falha permitia ligar para uma pessoa e ouvir tudo que ela estava falando do outro lado da linha, mesmo antes de a ligação ser atendida. Legisladores dos EUA esperam que a Apple forneça hoje respostas sobre medidas e relatórios a respeito dos bugs do FaceTime.

publicidade