EnglishPortugueseSpanish

Durante a MWC 2019 foram anunciados diversos aparelhos já esperados, mas uma das grandes surpresas veio da Lenovo, que fez uma aposta bastante curiosa em seu novo dispositivo. O Lenovo Tab V7 ressuscita o conceito de phablet — um dispositivo muito grande para ser considerado um smartphone e pequeno demais para ser um tablet.

O aparelho recebeu esse nome pela generosa tela de 6,9 polegadas, uma das maiores atualmente (desconsiderando as telas dos tablets). Uma tela muito grande pode tornar o dispositivo desconfortável para o usuário. A tela do Lenovo Tab V7 ocupa 81% da frente — o restante é usado por um alto-falante estéreo certificado pela Dolby e um sensor de reconhecimento facial.

publicidade

O sensor de impressão digital ficou na parte traseira, com a câmera única, de 13 megapixels. A Lenovo parece ir na contramão dos lançamentos atuais com esse aparelho, ao optar por ter apenas uma câmera na traseira e outra de 5 megapixels na parte frontal. Além disso, o modelo usa um processador Qualcomm Snapdragon 450.

Serão dois modelos, um com 32GB de armazenamento interno e outro com 64GB. Também haverá variação de memória RAM: 3GB ou 4GB. O que impressiona no aparelho é sua bateria, de 5.180mAh. Acredita-se que, se bem administrada, ela pode durar mais de 24h. Entretanto, já foi anunciado que não haverá opção de carga rápida. O Lenovo Tab V7 estará disponível em abril, com preços a partir de 249 €.