EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Obter a previsão do tempo antes de sair de casa é uma atitude muito comum entre todas as pessoas. Mas, com certeza, para ter acesso a essas informações você não precisou pagar cerca de U$42 milhões de dólares. Bom, a NASA precisa. 

Claro que a empresa norte-americana não busca ter acesso à mesma previsão do tempo que checamos diariamente. Na verdade, a agência quer investigar mais a fundo o que acontece no clima espacial -isto é fluxo e refluxos de partículas ao redor da Terra – e para isso aprovou o financiamento de um projeto chamado Atmospheric Waves Experiment (AWE).

publicidade

O principal objetivo é analisar o impacto que esses movimentos climáticos têm na vida na Terra. Já se sabe que o clima espacial pode afetar drasticamente o funcionamento do GPS, o que representa grande impacto para a população, cada vez mais dependente de Waze, Google Maps e afins. 

Em um post, a agência explicou que a missão envolve anexar instrumentos no exterior da Estação Espacial Internacional para que eles possam captar os fenômenos, em especial o “airglow”, faixas coloridas de luz na atmosfera da Terra. 

E se você pensa que US$ 42 milhões são muito dinheiro, saiba que essa é apenas uma das várias missões do Programa de Exploração Heliofísica da NASA. Uma pequena missão destinada a complementar a grande pesquisa dos cientistas. 

Paul Hertz, da NASA, contou em comunicado que o programa de exploração busca em projetos inovadores pequenos, e de custo limitado, ajuda para encontrar respostas sobre grandes mistérios do universo. “Esta missão atende a esse padrão com uma missão criativa e econômica para resolver mistérios sobre a atmosfera superior da Terra”. 

publicidade