EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O ator americano Alfonso Ribeiro, da série Um Maluco no Pedaço, não seguirá com o processo contra a Epic Games, a criadora do Fortnite. A ação acusava a desenvolvedora de jogos de usar a dança do Carlton sem permissão dentro do Fortnite.

De acordo com documentos mostrados a um tribunal de Los Angeles, a desistência do ator foi voluntária. Anteriormente, ele já havia aberto mão de um processo contra a Take-Two Interactive. O caso era similar e a acusação também estava relacionada com a dança do personagem.

publicidade

A renúncia de Alfonso pode ser explicada pelo fato de os oficiais federais terem negado o pedido de registro do direito autoral sobre a dança em fevereiro deste ano.

O movimento em questão é reconhecido facilmente, dada a sua peculiaridade e a popularidade da série. Porém não foi o bastante para convencer as autoridades. O Escritório de Direitos Autorais americano declarou que estava negando o pedido do ator por entender que o movimento configura uma “rotina de dança simples”, ou seja, não pode ser considerado como um trabalho coreográfico — neste caso sim, os direitos autorais seriam validados.

Reprodução

Reprodução

publicidade