EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A Universidade de Stanford está se juntando a empresas para pesquisar tecnologias de inteligência artificial. A instituição até criou o Instituto de Inteligência Artificial Centrada no Homem — seu objetivo é obter informações de diferentes áreas para ter a certeza de que a inteligência artificial pode oferecer “um futuro melhor para a humanidade” e abordar os “desafios e interrupções” que ela criará para a sociedade.

Professores de todas as sete unidades de Stanford estão envolvidos no projeto. A universidade firmou parcerias com empresas em áreas como finanças, saúde e manufatura, além de fazer acordos tecnológicos.

publicidade

Entre os conselheiros do novo instituto estão profissionais do Google e da Microsoft. O simpósio de abertura, que ocorre em 18 de março, terá palestras de Bill Gates e Demis Hassabis, da Deepmind, empresa que pesquisa o aprimoramento de inteligência artificial.

Algumas das maiores empresas de tecnologia do mundo podem moldar a direção do instituto. Assim, essas companhias podem influenciar a evolução da tecnologia e aproveitar para aplicar os avanços obtidos em seus próprios projetos.

Via: Engadget

publicidade