EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A Sony confirmou que vai impedir que varejistas, como a GameStop, vendam códigos de download para o PS4 a partir de 1° de abril. A política foi divulgada no fim da semana passada e informa que os usuários que não quiserem colocar os dados do cartão de crédito em sua plataforma PSN não conseguirão mais comprar versões digitais dos jogos em lojas físicas. 

Apesar de ter sido citada como exemplo, a GameStop não será a única afetada pela mudança, todos os varejistas terão o negócio de códigos de download cortado. O memorando vazado no site Wario64 ainda explica o motivo do corte nas vendas. “Essa decisão foi tomada para continuar a alinhar os principais negócios globalmente”, diz a Sony.

publicidade

Enquanto isso, cartões com diferentes valores, também vendidos em lojas físicas, continuarão a ser comercializados normalmente, pelo menos por enquanto. Ou seja, ainda é possível comprar jogos online — sem ter de informar os dados do cartão de crédito — com as moedas virtuais disponíveis em lojas físicas. A compra, entretanto, deve ser finalizada na PSN, em vez de na GameStop. 

Para aqueles que fizeram pré-encomenda, a Sony recomenda que mudem o pedido de código para uma versão física. Aparentemente, a GameStop será responsável por cuidar dessa transição. Entretanto, o memorando deixa dúvidas sobre o comércio online por varejistas, já que lojas como Amazon e BestBuy vendem códigos de download para PS4 e não está claro se elas continuarão a comercializar a versão digital do jogo completo nas lojas virtuais. 

publicidade

De qualquer modo, é mais provável que essas alterações afetem mais os residentes dos EUA e da Europa, já que brasileiros não costumam ir até lojas físicas e comprar códigos de jogos. Ainda assim, isso não é uma boa notícia — principalmente para a GameStop, que já apresentou um relatório de lucro pouco favorável em janeiro e teve uma grande queda no valor de suas ações.

Fonte: The Verge