O novo filme da Disney está dividindo opiniões justamente pelo uso da tecnologia. A nova obra é dirigida pelo mais que famoso Tim Burton – que, nos últimos anos, mergulhou ainda mais na tendência de misturar personagens criados em computação gráfica com atores de carne e osso. Um de seus trabalhos que mais apostaram nisso foi Alice no País das Maravilhas. O problema, agora, é que muitos críticos apontam falhas de execução nas animações de Dumbo. Um deles chegou a dizer que o elefantezinho alado e sua mãe parecem GIFs animados numa telona de cinema – uma crítica pesada, para um filme que foi todo construído justamente a partir dos ambientes e, principalmente, dos personagens gerados em computação. Dumbo estreiou no Brasil ontem, quinta-feira.

publicidade