Não é novidade que a Apple veja os chamados negócios de “serviços” como um dos principais impulsionadores de receita em um futuro bem próximo — já que se torna cada vez mais desafiador fazer o mesmo criando dispositivos que mudem a indústria, como costumava fazer. Ainda não sabemos o que esperar das plataformas Apple TV + e News +, recentemente reveladas, mas seu serviço de streaming de música já provou ser um grande sucesso.

Lançado inicialmente como um aplicativo exclusivo para iOS, o Apple Music ganhou rapidamente o suporte do Android. Ele se transformou, ainda que lentamente, em uma blockbuster multiplataforma. É claro que o HomePod também ofereceu compatibilidade com a Apple Music logo de cara, mas os alto-falantes inteligentes da Amazon levaram certo tempo para se juntarem à festa. Esse recurso sinalizou uma mudança fundamental na estratégia da Apple — sempre muito individualista. Novas expansões em um futuro próximo poderiam consolidar essa nova direção surpreendente e, acima de tudo, sensata.

publicidade

Há novos sinais sugerindo que o suporte do Chromecast está em andamento, de acordo com o 9To5Google. Eles estão presentes nas versões 2.8.1 e 2.8.2 do Apple Music, com códigos de comando que indicam que o serviço de música da Maçã estará presente no dispositivo de streaming do Google muito em breve. No entanto, é importante frisar que isso não significa necessariamente que a ideia se materializará — e mesmo em caso afirmativo, não é possível dizer quando.

Ainda assim, onde há fumaça, há fogo. 

É importante ressaltar que a compatibilidade com o Chromecast é totalmente diferente, mas permitiria que os assinantes do Apple Music o usassem nos dispositivos do Google Home, bem como em TVs Android. Você pode controlar tudo no seu smartphone, usando o app do Apple Music para Android em vez do aplicativo Google Home.