Um recurso exclusivo do Google Pixel, o celular do Google, pode estar a caminho de mais smartphones com Android One, a versão pura do sistema operacional que é controlada pela gigante das buscas, e que está em aparelhos como Motorola One e Xiaomi Mi A2. Trata-se do “Call Screen”.

O Call Screen é uma função exclusiva da linha Google Pixel que transforma o Google Asssistente em uma secretária eletrônica. O aplicativo pode atender chamadas por você e transcrever a conversa em texto na tela – ideal para quando o usuário não pode atender, mas quer saber do que se trata.

publicidade

Algumas linhas de código encontradas na versão beta do aplicativo do Google indicam suporte do Call Screen a celulares com Android One da Motorola e da Nokia. Numa delas se lê “CallScreenEnglishUsForNokia” e noutra se lê “CallScreenEnglishUsForMoto”. As linhas de código foram descobertas por um usuário do Reddit (via XDA Developers).

Reprodução

Além do Motorola One, que é vendido no Brasil pelo preço sugerido de R$ 1.499, e do Xiaomi Mi A2, que não é vendido oficialmente no país, mas faz sucesso entre importadores e marketplaces, a Nokia também possui smartphones da linha Android One vendidos, por enquanto, somente na Europa, por meio da sua dona, a finlandesa HMD Global.

Por enquanto, isso não é garantia de que usuário brasileiros poderão experimentar o Call Screen em breve. O recurso ainda funciona apenas no idioma inglês e está em testes com usuários dos Estados Unidos e do Canadá. Não há previsão de quando a ferramenta será liberada para mais países ou mais idiomas. Oficialmente, o Google não confirma testes do Call Screen com aparelhos de outras marcas além do Pixel.

De qualquer maneira, faz sentido imaginar que o Google decida liberar o Call Screen primeiro para celulares com Android One. Smartphones que fazem parte do programa recebem atualizações do Android mais rapidamente e já têm acesso a recursos que foram exclusivos do Pixel, como o aplicativo Bem-estar Digital, por exemplo.