Jorge Paulo Lemann, um dos empresário mais ricos do país, disse que o Brasil tem condições de ter cinco startups de tecnologia entre as 10 maiores do mundo. A previsão foi feita durante uma palestra do Brazilian at Silcon Valley, organizado por estudantes brasileiros e ex-alunos da universidade de Stanford. O evento foi criado para discutir as inovações tecnológicas que estão acontecendo no país.

Lemann já deu uma declaração parecida no último sábado (6), durante um outro evento de tecnologia chamado de Brazil Conference, e organizado pelos estudantes de Harvard e do MIT. Durante o evento, Lemann havia declarado que, se estivesse se formando neste momento, optaria por criar uma startup no Brasil, já que nos EUA, a concorrência para este tipo de negócio é muito maior.

publicidade

Na Brazilian at Silicon Valley, que ocorreu do dia 7 ao dia 9 deste mês, Jorge Lemann foi mediador de uma das palestras e disse “Espero que, em um período de dez anos, nós tenhamos cinco empresas brasileiras de tecnologia no topo do market cap (valor de mercado). Atualmente, não temos nenhuma no top 10. Já temos algumas chegando. ”Sua declaração foi durante o bate-papo com Scott Cook, co-fundador da Intuit, que brincou: “apenas cinco no Top 10?”.

Cook foi questionado sobre o que os jovens com novas ideias para o mercado de tecnologia devem ter. Ele disse que a perseverança deve ser um dos requisitos, já que nenhuma inovação é bem recebida inicialmente. “Lembro quando Marc Andressen ouviu pela primeira vez a ideia do Airbnb. Ele disse ‘o quê? Eu jamais faria isso, de ficar na casa de outra pessoa’“, disse Cook.

Para saber mais sobre o evento, é só acessar ao site oficial https://www.brazilatsiliconvalley.com/.


Via: Folha de São Paulo / Poder 360