EnglishPortugueseSpanish
publicidade

por Cesar Schaeffer*

Las Vegas, EUA – Qual o principal papel da tecnologia se não facilitar a vida do ser humano? Esta foi a bandeira que Michael Dell, o chefão do grupo de empresas sob a marca Dell Technologies, levantou na abertura do evento anual que a empresa realiza esta semana em Las Vegas, nos Estados Unidos.

publicidade

O CEO da Dell aproveitou seu keynote nesta segunda-feira para compartilhar o que a empresa chama de “otimismo tecnológico” e, ao mesmo tempo, pediu para que os quase 15 mil espectadores – entre jornalistas, analistas e uma série de pessoas envolvidas com o mundo hi-tech – tentassem olhar para o futuro da mesma forma. Segundo ele, a missão da empresa é avançar o progresso humano.

Se na últimas décadas o avanço da tecnologia trouxe mudanças disruptivas em todos os setores da economia e na sociedade como um todo, a esperança é que os próximos 30 anos sejam revolucionários. Na Saúde, por exemplo, através do uso da Inteligência Artificial, a esperança são avanços como o fim da surdez ou da cegueira…claro, a cura do câncer também.

“Uma nova era de milagres está literalmente chegando”, disse Dell. “Nós do mundo da tecnologia compartilhamos uma incrível responsabilidade. Cabe a nós garantir que a tecnologia seja um reflexo da nossa humanidade e dos nossos valores”.

Ainda que o executivo tenha dito que é bem difícil prever quais destes “milagres” realmente vão acontecer no futuro, ele disse que não tem dúvida do que é preciso para eles acontecerem. Michael Dell afirmou que a ideia é criar uma cultura de otimismo tecnológico.

publicidade

“A tecnologia melhora muito nossas vidas, mas também traz desafios. Nós assumimos esses desafios para uma vida melhor em escala global. É por isso que todos nós nos unimos. Estamos trabalhando juntos para construir um mundo melhor”, declarou Dell.

Na visão da Dell, todas as empresas, organizações e governos precisam refletir sobre seu papel nessa era digital.

*o jornalista viajou a Las Vegas a convite da Dell Technologies