O presidente Jair Bolsonaro veio a público durante o final de semana para rechaçar qualquer tentativa de regulação da mídia. E ele incluiu nesse rol também as mídias sociais. Nas palavras do presidente, ele recomenda – abre aspas – um estágio na Coreia do Norte ou em Cuba para quem defender uma espécie de controle do conteúdo divulgado – fecha aspas. O posicionamento do presidente veio depois de discussões acaloradas envolvendo o papel das mídias sociais, motivadas, principalmente, por declarações do ministro da Secretaria de Governo, Carlos Santa Cruz.

publicidade