EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Cientistas da Universidade do Texas acreditam ter descoberto um novo recanto de água congelada em Marte. Para chegar a essa conclusão, usaram dados coletados pela sonda Mars Reconnaissance Orbiter, da NASA, que leva um instrumento de radar capaz de ver cerca de 2,5Km abaixo da superfície marciana.

Trata-se de uma camada de gelo que pode ser resquício das calotas que existiam nos polos marcianos há milhões de anos e foram perdidas há muito tempo. “Não esperávamos encontrar tanto gelo de água aqui. Isso provavelmente torna [a região] o terceiro maior reservatório de água em Marte depois das calotas polares”, declara Stefano Nerozzi, que participou da pesquisa.

publicidade

De acordo com os pesquisadores, se esse gelo derretesse e a água se espalhasse pelo planeta, Marte seria inundado em 1,5m. Essas camadas podem servir para demonstrar como o clima de Marte aqueceu e esfriou ao longo das eras — o que pode ser uma resposta a mudanças na órbita e na inclinação do planeta.

A partir do estudo, os cientistas podem mapear os recursos hídricos em Marte. Assim, vai ser possível continuar a buscar sinais de vida por lá, bem como desenvolver os planos de levar astronautas para visitar o planeta.