EnglishPortugueseSpanish
publicidade

O anúncio do relançamento nos cinemas de Vingadores: Ultimato, com cerca de seis minutos de cenas adicionais inéditas, provocou uma série de comentários, vários deles negativos. O intuito seria ultrapassar a bilheteria do recordista Avatar. Muitos alegaram que essa estratégia seria uma espécie de trapaça, mas a coisa não é bem assim. O filme de James Cameron só atingiu US$ 2,787 bilhões devido ao seu próprio relançamento, em 2010. Foram nove minutos de cenas adicionais, totalizando US$ 33 milhões a mais na arrecadação.

Mas, agora, o relançamento de Vingadores: Ultimato será mais para cumprir tabela e angariar um “trocado” a mais. Isso porque o filme que encerra a saga do Infinito nos cinemas acaba de ultrapassar Avatar, sem nem mesmo ter voltado para os cinemas. 

publicidade

Em seu lançamento original (o primeiro), Avatar arrecadou cerca de US$ 2,749,064,328 bilhões. Até o momento, Vingadores: Ultimato conta com uma bilheteria de US$ 2,749,603,966. Logo, considerando os números de ambos os longas antes de relançamentos, a bilheteria do filme da Marvel já é maior que a do do “Pocahontas de Pandora”. E com a sua volta às telas, a arrecadação total do longa de Homem de Ferro & cia. deve ultrapassar sem grandes problemas o seu rival no alto do pódio.  

Vingadores: Ultimato segue em cartaz no Brasil, mas, por enquanto, sem cenas adicionais.