EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Apesar da guerra comercial com o governo norte-americano, a Huawei ainda figura no topo dos serviços de infraestrutura para redes de acesso 5G. É o que afirma a empresa GlobalData, que produziu um estudo de avaliação das principais fornecedoras de telecomunicações globais, divulgado nesta terça-feira (25). A companhia chinesa foi a única a atingir a nota máxima em todos os critérios analisados, desbancando Ericsson, Nokia, Samsung e ZTE.

Para a avaliação, foram considerados os seguintes fatores: portfólio de Radio Access Network (RAN) das fornecedoras, capacidade de banda de suas estações radiobase (ERBs), facilidade para instalação e evolução tecnológica dos equipamentos. A Huawei chegou a liderar sozinha em capacidade de banda das unidades e no desenvolvimento das tecnologias. Ericsson e Nokia se destacaram, respectivamente, em facilidade de instalação para redes 5G e portfólio de rádio, de acordo com a empresa de análise de dados.

publicidade

Reprodução

De acordo com o analista-chefe da GlobalData, Ed Gubbins, o mercado de redes de acesso 5G já é extremamente competitivo e promissor. “A primeira onda de equipamentos 5G RAN, conhecida como non-standalone, depende da infraestrutura 4G LTE existente para algumas funções, com cada fornecedor tendo uma grande vantagem frente a operadoras que já usam seu equipamento 4G. [Já] o 5G standalone, que requer um núcleo 5G, dará aos fornecedores uma melhor chance de conquistar novas contas de operadoras e aumentar sua participação no mercado global.”

Gubbins ainda conclui com previsões para o futuro do setor: “Esperamos que o mercado standalone de 5G comece a crescer em 2020. As decisões das operadoras hoje vão direcionar a próxima década do investimento global em telecomunicações e guiar mudanças fundamentais na maneira como vivemos e trabalhamos na era do 5G.”

Fonte: Teletime

publicidade