Notícias

Lime chega ao Brasil para competir com Yellow e Grin

02/07/19 16h27, atualizada em 02/07/19 17h04

Nesta terça-feira (2), a Lime, empresa americana de mobilidade urbana, inaugurou seu serviço de compartilhamento de patinetes elétricos nas capitais de São Paulo e Rio de Janeiro. A companhia está presente em mais de 100 cidades no mundo e chega ao Brasil para competir principalmente com a Grow, formada por Grin e Yellow.

As áreas em que o serviço estará disponível seguem a mesma lógica elitista das outras marcas: bairros nobres das zonas sul e oeste da capital paulista — como Pinheiros, Itaim Bibi, Jardins, Vila Olímpia, Vila Nova Conceição e Brooklin. No Rio de Janeiro, o trecho Leme-Gávea será coberto, nas praias da zona sul, a partir do dia 4, próxima quinta-feira.

O custo dos serviços é bem semelhante. São cobrados R$3 para desbloquear o veículo e mais R$0,50 por minuto rodado. Para isso, o processo é o mesmo: com o app aberto em seu dispositivo, localize o patinete e escaneie o QR Code. O pagamento pode ser feito em cartão de crédito ou créditos pré-pagos — há bônus para recargas a partir de R$20.

A prefeitura da cidade de São Paulo estabeleceu regras mais rígidas para o uso dos patinetes elétricos: uso do capacete passa a ser obrigatório — como já acontecia com as bicicletas elétricas — ; não é permitida a circulação em calçadas — apenas em ciclovias, ciclofaixas, ciclorrotas e ruas com limites de velocidade de até 40km/h — ; e o limite de velocidade foi definido em 20km/h.

No Rio de Janeiro, as definições das autoridades seguiram o mesmo caminho: um projeto de lei (PL)  proíbe a circulação em calçadas; as empresas são obrigadas a fornecerem um capacete de uso obrigatório; foi estabelecido o seguro obrigatório aos usuários, cobrindo morte por acidente, danos contra terceiros, invalidez parcial ou total, permanente ou temporária. Outro PL envolvia a exigência de CNH (Carteira Nacional de Habilitação) ou prova no Detran-RJ, mas seu próprio autor, o deputado Alexandre Knoploch, do PSL, voltou atrás.

A Lime diz que “tem participado das discussões sobre a regulação desse novo modal” e firmou que fará “campanhas nas ruas para conscientização e educação de usuários, motoristas de carros e pedestres sobre a convivência harmônica no trânsito”. A empresa fechou parceria com o Grupo Pão de Açúcar para ter espaços de estacionamento de patinetes em algumas lojas do Extra, Pão de Açúcar e Minuto.

Os aplicativos da Lime estão disponíveis para Android e iOS.

Deixe sua opinião
Tags