EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A HTC deixou de vender seus telefones no Reino Unido (UK) depois de ter se envolvido em disputa de patentes com a empresa de pesquisa e desenvolvimento IPCom sobre tecnologia sem fio para carros. Por causa da briga, a taiwanesa parece ter sido forçada a abandonar o mercado britânico. Desde então, segundo a BBC, a HTC listou todos seus dispositivos como “fora de estoque” no site do UK, apesar de continuar vendendo normalmente smartphones para outros países.

Anteriomente, a HTC havia concordado em prover uma tecnologia alternativa para o Desire 12, um aparelho de baixo custo. Porém, testes da IPCom realizados depois revelaram que a empresa taiwanesa não tinha tomado nenhuma medida para cumprir com a promessa, o que levou a proibição da venda no Reino Unido.

publicidade

A Carphone Warehouse, O2, EE e outros grandes varejistas do Reino Unido também seguiram o exemplo e retiraram dispositivos da HTC de venda. A Amazon UK, no entanto, segue com uma ampla gama de aparelhos da empresa disponíveis em seu site.

Uma porta-voz da HTC disse que a companhia leva muito a sério as questões de propriedade intelectual. “Estamos investigando proativamente uma reivindicação de violação por terceiros com relação a um único modelo de aparelho”, completou.

Porém, considerando as acusações da IPCom e a expulsão de dispositivos da HTC de vários varejistas, a situação não parece favorável para a taiwanesa. E levando em conta que as vendas da HTC caem ano a ano, este não é o tipo de turbulência de que a empresa precisa.

Fonte: 9to5Google

publicidade