O acordo do Youtube com a Federal Trade Comission (FTC), uma agência reguladora norte-americana, sobre conteúdos voltados às crianças pode resultar em uma perda de milhões de dólares em anúncios. Segundo reportagem do Bloomberg, a plataforma de vídeo planeja acabar com as propagandas direcionadas em vídeos para crianças, que estão mais propensas a assistir. 

Essa decisão poderia reduzir a receita de anúncios da plataforma em até 10%, representando perda de US$ 50 milhões anuais, segundo um analista do setor citado pela Bloomberg. A retirada dos anúncios direcionados seria uma tentativa do Youtube de apaziguar as acusações sobre falta de privacidade de crianças em sua plataforma. 

publicidade

No entanto, não ficou claro se o término de anúncios direcionados em vídeos infantis é parte do acordo da FTC. Também não está claro como o YouTube colocaria essa ideia em prática e determinaria quais dos milhões de vídeos em sua plataforma foram direcionados a menores de 13 anos de idade.

Fonte: Bloomberg