EnglishPortugueseSpanish

A GlobalFoundries, uma fabricante de chips que tem entre seus clients a AMD, está processando a concorrente Taiwan Semiconductor Manufacturing Company (TSMC). A alegação é que processadores produzidos pela TSMC violam 16 patentes da GlobalFoundries, 13 registradas nos EUA e 3 na Alemanha.

No processo, a GlobalFoundries pede um bloqueio na importação de chips produzidos pela TSMC para os EUA, o que pode causar sérios problemas para a indústria de tecnologia como um todo.

publicidade

A TSMC produz processadores para a Apple, Nvidia, Qualcomm, MediaTek e muitas outras empresas, e é uma das poucas “foundries” (como são chamadas as fabricantes de chips) capazes de produzir processadores no processo de 7 nm, usado nos mais poderosos processadores para smartphones no mercado, como o Apple A12 Bionic e Qualcomm Snapdragon 855.

“Estes processos visam proteger nossos investimentos e a inovação baseada nos EUA e Europa que os mantém”, disse Gregg Bartlett, Vice-Presidente Sênior de Engenharia e Tecnologia da Global Foundries. “Por anos, enquanto devotamos bilhões de dólares em pesquisa e desenvolvimento domésticos, a TSMC vem ilegalmente colhendo os frutos de nossos investimentos. Esta ação é crítica para parar o uso ilegal de nossos ativos pela TSMC e para salvaguardar a estrutura de produção norte-americana e européia”.

Fonte: The Verge