EnglishPortugueseSpanish

Mais uma invasão de privacidade do Facebook nos celulares

Redação 2 de setembro de 2019

Uma pesquisadora chamada Jane Manchun Wong anunciou recentemente no Twitter que encontrou um trecho de código no app do Facebook responsável por verificar periodicamente o celular dos usuários em busca de bibliotecas de sistema. Aparentemente o Facebook parece estar desenvolvendo um banco de dados de todas as bibliotecas de sistema disponíveis nos aparelhos de seus usuários. O código responsável pela coleta se chama “Global Library Collector” ou GLC. O aplicativo para Android, basicamente, analisa as bibliotecas do sistema encontradas e compara com as que já conhece. Se o Facebook não tiver uma cópia de uma biblioteca encontrada, o app a envia para seus servidores automaticamente. Vale dizer que por serem componentes do sistema, as informações armazenadas pela empresa não contêm dados pessoais. Apesar de não afetar a privacidade do usuário, esta ação pode afetar a experiência de uso, prejudicando o desempenho do celular durante a análise ou consumindo parte da banda da conexão durante o upload. De qualquer forma, mesmo sem fazer uso de dados pessoais, existe uma preocupação já que o Facebook não explica o motivo do armazenamento de bibliotecas do sistema em seus servidores. A empresa também não oferece a opção de cancelar a sincronização.

publicidade