EnglishPortugueseSpanish

Propulsor hipersônico pode mudar os aviões do futuro

Redação 26 de setembro de 2019
publicidade

A Agência Espacial Inglesa anunciou um acordo de cooperação com a Agência Espacial Australiana para o desenvolvimento de tecnologias que possam levar à criação de uma “ponte espacial” capaz de ligar Londres a Sydney com um voo de apenas 4 horas, mais de 5 vezes mais rápido que os voos atuais, que duram cerca de 22 horas.

O componente crucial para a realização deste sonho é o SABRE, um novo tipo de propulsor híbrido que pode se comportar como um motor a jato hipersônico na atmosfera, onde poderia chegar a 3,3 vezes a velocidade do som, ou como um motor a jato quando chega no espaço, onde poderia alcançar 25 vezes a velocidade do som.

publicidade

O motor está sendo desenvolvido pela Reaction Engines, uma empresa inglesa com sede em Oxford. A expectativa da fabricante é que as primeiras aeronaves equipadas com o SABRE estejam em operação já em 2030.