Um ex-engenheiro do Yahoo! se declarou culpado por aproveitar de seu cargo para invadir mais de 6 mil contas de usuários. Além disso, ele admitiu também ter conseguido rastrear informações comprometedoras armazenadas em e-mails, especialmente vídeos pornô, fotos, imagens e dados de acesso a outros serviços.

Reyes Daniel Ruiz, 34, trabalhou mais de dez anos para o Yahoo!. Aproveitando-se de seu cargo de confiança, o engenheiro invadiu contas de colegas, amigos intímos e de mulheres desconhecidas. Tudo que encontrou durante esse tempo foi armazenado em um disco rígido pessoal, que ele mantinha em sua casa. 

publicidade

Além disso, Ruiz conseguiu com facilidade utilizar o Yahoo! para invadir outros serviços, como Apple Cloud e Facebook, já que as vítimas normalmente registravam-se com a mesma conta de e-mail. Assim, o engenheiro precisava apenas solicitar por uma redefinição de senha e, então, receber o código de acesso direto no Yahoo!. 

Daniel deixou a empresa em 2018, mas, apenas em abril de 2019, recebeu acusações legais sobre as invasão de contas do Yahoo!. Autoridades afirmam que o engenheiro destruiu o disco rígido que mantinha em casa depois do início do processo, mas agora, finalmente, se declarou culpado.  

O ex-funcionário do Yahoo! enfrentará uma pena de prisão máxima de cinco anos, com início previsto para fevereiro de 2020, e uma multa de até US$ 250 mil. Enquanto isso, Ruiz está livre sob pagamento de US$ 200 mil em fiança. Uma setença parecida foi imposta a um hacker russo que roubou senhas de e-mails do Yahoo! em 2014

Via: FayerWayer