A Avast divulgou os resultados de um estudo que aponta que em média as pessoas mantêm 952 fotos em seus dispositivos, das quais até 22% são de baixa qualidade, borradas, escuras ou duplicadas. A pesquisa também aponta que, em média, 292 imagens são armazenadas no WhatsApp e 86 capturas de tela (screenshots) são salvas pelos usuários. Ao livrar-se dessas fotos o usuário pode liberar pelo menos um quinto (20%) do espaço de armazenamento do smartphone, melhorando a experiência do uso do dispositivo.

A pesquisa foi feita anallisando informações anônimas provenientes de 6 milhões de usuários do app Avast Cleanup para Android e Mac. Os dados foram coletados em um período de seis meses, entre dezembro de 2018 a junho de 2019.

publicidade

“Por que as pessoas mantêm fotos tão ruins? Pode ser porque os usuários que são pais nessa faixa etária estão tirando muitas fotos de seus filhos e não conseguem excluir as imperfeitas ou, então, não têm tempo para analisá-las corretamente, algo com o que muitos de nós podemos nos identificar”, diz André Munhoz, Country Manager da Avast.

O estudo da Avast traz o Brasil na 17ª posição do ranking de países com usuários que mais armazenam fotos: a média é de 911 imagens. No primeiro lugar da lista está a Coréia do Sul, onde os usuários armazenam 1.417 fotos em média. Já na última colocação está o Vietnã, país onde os usuários mantém em média 397 fotos em seus telefones.

Os maiores infratores

Desafiando as expectativas da “geração selfie”, a pesquisa constatou que os jovens de 18 a 24 anos realmente têm o menor número de fotos salvas, talvez devido à crescente popularidade de conteúdos com fotos quase ao vivo via stories do Snapchat e Instagram, que desaparecem após 24 horas. As pessoas entre 25 e 44 anos têm o maior número de fotos em seus dispositivos, com mais de 1.000 armazenadas na memória do telefone.

Ainda de acordo com a pesquisa, as mulheres tiram 24% mais fotos do que os homens, com uma média de 200 fotos a mais armazenadas no dispositivo e 1.053 fotos no total na galeria da câmera. Em comparação os homens tem em média 851 imagens.

“[…] a falta de memória no telefone pode afetar o entretenimento dos usuários. […] adquirir o hábito de excluir fotos ruins regularmente é uma maneira rápida e simples de manter seu dispositivo atual em boas condições de uso”, diz Munhoz.