Ainda não sabemos quando os carros autônomos dominarão as ruas, mas as montadoras de veículos parecem estar se preparando para quando isso acontecer – mesmo que o preço dessas inovações não seja muito amigável para a maioria das pessoas.

A Volkswagen deu um grande passo no segmento de veículos autônomos ao anunciar na última segunda-feira (28) sua nova subsidiária, a Volkswagen Autonomy (VWAT), com foco em carros autônomos de nível 4 e 5 – na escala de autonomia, os níveis 4 e 5 não requerem mais qualquer intervenção humana.

publicidade

A empresa, que será comandada por Alexander Hitzinger, terá escritórios em Munique e Wolfsburg, na Alemanha. Além disso, a empresa tem planos de se expandir para o Vale do Silício no ano que vem, e, em 2021, a divisão chegará à China.

A empresa define a VWAT como “um centro de excelência para a condução autônoma de soluções do nível 4 ou superior”. A ideia da companhia é que esses veículos sejam usados inicialmente em sistemas de logística e serviços compartilhados de transporte de carga e pessoas nas cidades.

A nova divisão da Volkswagen vai trabalhar juntamente com a Argo AI, startup que possui o objetivo de criar sistemas de direção autônomos mais eficientes. Juntas, as empresas vão desenvolver os seus sistemas próprios.