O Facebook anunciou nesta quarta-feira (30) a receita trimestral acima do esperado e um aumento significativo no lucro da empresa. O feito pode ser explicado pelo aumento no número de usuários e pelo aumento contido nas despesas em relação ao ano anterior.

A receita nesse período aumentou 29%, chegando a 17,65 bilhões de dólares (R$ 72 bilhões), superando a expectativa dos analistas, que era de 17,37 bilhões de dólares, segundo dados da Refinitiv.

publicidade

A rede social de Mark Zuckerberg enfrentou questionamentos de usuários e reguladores sobre o tratamento de dados dos usuários e sua incapacidade de garantir a integridade de seus feeds de notícias. A empresa também precisa lidar com crescentes desafios regulatórios à medida que autoridades dos EUA investigam se a campanhia adotou práticas anticoncorrenciais

No último trimestre, a empresa registrou 2,8 bilhões de usuários mensais e 2,2 bilhões de usuários diários do Facebook, Messenger, Instagram e Whatsapp, números ligeiramente superiores ao do trimestre anterior.

O Facebook também vem administrando a questão (muitas vezes problemática) da Libra, seu projeto de moeda digital, que vem recebendo críticas de parlamentares e reguladores pelo mundo. Até por isso, os números do último trimestre foram muito bem recebidos pela empresa.

 

Via: Reuters