EnglishPortugueseSpanish

Teste da Starliner

Redação 4 de novembro de 2019

A empresa norte-americana Boeing realizou nesta segunda-feira um teste do sistema de abortamento de lançamento da sonda Starliner, no Novo México. Durante o procedimento, os quatro principais motores de interrupção na base do módulo de serviço da Starliner acenderam e queimaram por alguns segundos, empurrando a espaçonave para fora da plataforma de lançamento.

Após isso, manobras orbitais menores e propulsores de controle de reação dispararam e, eventualmente, redirecionaram a sonda. Durante o teste, a sonda alcançou uma altitude de um pouco mais de 1,5 quilômetros. Depois, o sistema de para-quedas da espaçonave foi acionado e o módulo de serviço descartado antes que a Starliner retornasse ao solo.

publicidade

Com o teste, a Boeing quer mostrar à Nasa que a Starliner é capaz de escapar do veículo de lançamento Atlas V durante uma emergência e devolver a tripulação à Terra com segurança. A Nasa pagou à Boeing cerca de US$ 4,2 bilhões pelo desenvolvimento da Starliner.