O Facebook anunciou em um post em seu blog para desenvolvedores uma falha séria de privacidade, que pode ter exposto informações de milhares de usuários que participam de grupos na plataforma.

De acordo com Konstantinos Papamiltiadis, Diretor de Parcerias da Plataforma na empresa, em abril de 2018 a rede social modificou a forma como apps autorizados podem obter acesso às informações de um grupo, limitando as informações expostas ao nome do grupo, quantidade de usuários e conteúdo dos posts.

publicidade

Entretanto, cerca de 100 apps mantiveram permissões de acesso mais amplas, que incluem nomes e perfis de participantes, além de sua atividade no grupo. Destes apps, cerca de 11 acessaram estas informações, que deveriam ser restritas, nos últimos 60 dias. A maioria deles, segundo Papamiltiadis, são apps de gerenciamento de redes sociais e streaming de vídeo.

O executivo informa que o Facebook entrou em contato com os desenvolvedores pedindo a exclusão dos dados obtidos de forma irregular, e que irá ‘conduzir auditorias’ para se certificar de que eles foram mesmo excluídos.

Fonte: Facebook