EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Facebook e YouTube anunciaram recentemente que vão remover qualquer postagem ou vídeo que divulgue o nome do suposto denunciante que levou à investigação de um impeachment contra Donald Trump. Diversas figuras políticas republicanas, inclusive o presidente, tentaram espalhar o nome, que seria de um ex-funcionário da administração Obama e atual oficial da CIA.

O YouTube confirmou que vai remover qualquer conteúdo que mencione o nome do suposto denunciante no título, descrição ou no próprio vídeo. O Facebook anunciou por meio de um porta-voz que qualquer menção ao nome viola a “política de controle de danos, que proíbe conteúdo que entregue testemunha, informante ou ativista”.

publicidade

Porém, a rede social afirmou que poderia rever sua decisão caso o nome passe a ser amplamente divulgado pela mídia ou por figuras públicas em debates. Já o Twitter, onde a divulgação do nome aconteceu com mais força, afirmou que a atitude não viola suas regras.

Via: The Verge