EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Dez dos telefones Android mais populares do mercado podem ser hackeados facilmente por uma vulnerabilidade que apresentam nos comandos AT. A informação foi dada por uma comissão de especialistas das Universidades de Purdue e Universidade de Iowa, nos Estados Unidos, que emitiu um relatório apontando os potenciais perigos para os usuários destes telefones.

Segundo os pesquisadores, os ataques ocorrem por meio de conectores Bluetooth baratos ou instalação de uma estação maliciosa de carregamento USB, em que os criminosos podem enviar comandos AT para enganar o dispositivo e filtrar informações.

publicidade

Os telefones vulneráveis, segundo a pesquisa realizada, são:

Como a vulnerabilidade está localizada nos comandos AT, os hackers podem “obter números IMEI e IMSI, interceptar chamadas, encaminhar chamadas para outro número, bloquear a função de chamada, remover acesso à Internet e muito mais”, afirma a comissão. Nos testes realizados, nenhum iPhone foi afetado.

“O impacto desses ataques varia da exposição de informações confidenciais do usuário à interrupção completa do serviço”, comunicaram os pesquisadores Hussain e Karim, da Universidade de Purdue, ao TechCrunch.

Via: Fawer Wayer

publicidade