EnglishPortugueseSpanish

A Netflix anunciou que não pretende firmar parceria com a TV Cultura após requisição da rede de televisão brasileira. A negociação ocorreu nesta quarta-feira (20), durante uma visita da comitiva brasileira com o governador de São Paulo João Doria à sede mundial da empresa em Los Angeles. A proposta oferecia estúdios, técnicos e infraestrutura para as produções originais da plataforma.

Ainda assim, o serviço de streaming reiterou a intenção de investir R$ 350 milhões em conteúdo no Brasil em 2020. Segundo o diretor de aquisição de conteúdo da Netflix Adrien Muselet, o investimento é fruto dos resultados que a empresa obteve com produções brasileiras. Somente este ano, a plataforma lançou as séries “Coisa Mais Linda”, “Irmandade” e “O Escolhido e Sintonia”, além de uma nova temporada de “3%”.

publicidade

“Nós reforçamos nosso compromisso de investir R$ 350 milhões em séries e filmes feitos no Brasil no próximo ano. Temos muitos parceiros no país e recebemos a proposta de parceria com a TV Cultura feita pelo Governador, mas não temos plano de trabalhar com eles neste momento”, diz o comunicado oficial do serviço de streaming, emitido nesta quinta-feira (21). 

Apesar do fracasso da negociação, Doria e sua comitiva permanecem nos Estados Unidos. O governador articulou uma fusão entre a Anatel e AT&T que poderia gerar um investimento de R$ 1 bilhão, e negociou com a empresa norte-americana Base Entertainment, responsável por desenvolver uma tecnologia avançada para espetáculos e exposições holográficas. 

Via: UOL/Estadão


Experimente o Disney+. Clique aqui e Assine agora!