EnglishPortugueseSpanish

Na última sexta-feira um propulsor do primeiro estágio de um foguete Longa Marcha 3B caiu sobre uma vila próxima ao centro de lançamento de satélites de Xichiang, no centro-sul da China. Até o momento não há informações sobre vítimas. O foguete foi lançado para colocar em órbita satélites do Beidou, o sistema de posicionamento global chinês, que é uma alternativa ao GPS.

Reprodução

publicidade

O propulsor usa UDMH (Dimetil Hidrazina Assimétrica) como propelente, substância reconhecidamente tóxica e potencialmente cancerígena. Um vídeo postado no Weibo (rede social chinesa semelhante ao Twitter) mostra casas em chamas e destruídas, com pedaços do foguete do qual emana um vapor amarelo, resultado da exposição do combustível ao ar.

Não é a primeira vez que isso acontece. Em 1996 outro foguete Longa Marcha 3B também caiu sobre uma vila próxima à base de Xichiang. Segundo o governo local, seis pessoas morreram, mas especialistas no ocidente especulam que o número de vítimas pode ter sido bem maior.

Fonte: Ars Technica