EnglishPortugueseSpanish
publicidade

A cápsula Orion, que será usada pela Nasa durante a missão Artemis para levar astronautas à Lua, foi transportada do centro espacial Kennedy, na Flórida, para Plum Brook Station, em Ohio. Lá ela será submetida a testes que simulam as condições do espaço, incluindo o vácuo e variações de temperatura que vão de -150 a +150 Celsius.

Porém, mais do que os testes, o que chamou a atenção foi o meio de transporte: o avião Super Guppy Turbine. Produzido pela Aero Spacelines em 1953, a aeronave foi construída para levar cargas de grandes dimensões, que seriam difíceis de transportar por estradas, via-férrea ou mesmo balsas em rios.

publicidade

Há aeronaves capazes de transportar mais peso, mas nenhuma tem o espaço interno do Super Guppy. A cavernosa área de carga, com mais de 7 metros de diâmetro e mais de 30 metros de comprimento, é espaço suficiente para levar dois caças Northrop T-38 em seu interior, ou o terceiro estágio, montado, do foguete Saturno V que levou o homem à Lua.

Reprodução

O nariz do avião se abre em um ângulo de 110 graus para que ele possa ser carregado ou descarregado, e o peso máximo da carga é de pouco mais de 20 toneladas. Concorrentes como Beluga, da Airbus e o An-225, da Antonov, podem transportar 45 e 253 toneladas, respectivamente.

publicidade

Após os testes em Ohio, a cápsula Orion será transportada novamente para o Centro Espacial Kennedy, onde será preparada para sua missão no espaço.

Fonte: Nasa