EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Quatro empresas já prometeram smartphones equipados com os novos processadores Snapdragon 765 e 865, anunciados pela Qualcomm nesta semana durante o Snapdragon Tech Summit em Mauiu, no Havaí.

Os chips são parte da estratégia da empresa para “massificar” a tecnologia 5G. O Snapdragon 865 é o novo carro-chefe, enquanto o Snapdragon 765 é uma versão para dispositivos intermediários. A variante Snapdragon 765G é voltada para gamers, numa tentativa de democratizar esta categoria de aparelhos.

publicidade

A HMD Global, empresa que detém a marca Nokia, anunciou que irá produzir ao menos um smartphone com o Snapdragon 765, embora não tenha anunciado planos para um aparelho com o 865. “Nossa maior prioridade para 2020 é tornar o 5G mais acessível […] com a plataforma móvel Snapdragon 765”, disse Juho Sarvikas, diretor de produtos da HMD Global.

A Motorola planeja aparelhos com ambos os novos chips da Qualcomm. Segundo o brasileiro Sérgio Buniac, presidente da empresa, “A Motorola continuará liderando a era 5G com nossa linha expandida de soluções 5G em 2020 – impulsionada pelas plataformas móveis Snapdragon 765 e 865 de alto desempenho, revigorando nosso lugar no espaço de aparelhos premium”.

A Oppo foi menos específica, se limitando a dizer que terá um topo de linha (provavelmente da família Reno) com o Snapdragon 865 no primeiro trimestre de 2020.

Já a Xiaomi anunciou brevemente que o Mi 10, seu próximo carro-chefe, será baseado no Snapdragon 865, e lança na semana que vem o Redmi K30, o primeiro smartphone no mercado equipado com o Snapdragon 765.

publicidade

Fonte: Android Authority