EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Jane Slater, repórter da NFL (Liga Nacional de Futebol Americano, nos EUA) contou no Twitter a história inusitada de como descobriu a traição de um ex-namorado graças a um FitBit.

Ela conta que o relógio foi presente de Natal do próprio namorado e, a princípio, adorou a ideia. O objetivo era que ambos pudessem acompanhar as metas de atividade física do outro, como forma de se motivar.

publicidade

Para isso, as contas foram sincronizadas. Tudo ia bem até que um dia Jane notou que, em uma noite em que o namorado não estava com ela, o FitBit dele registrou um “pico” de atividade física às 4 horas da madrugada. Some 2 + 2…

O nome do rapaz não foi divulgado, mas a repórter depois voltou ao Twitter para inocentar um outro ex-namorado, que estava sendo inundado por mensagens de amigos tentando descobrir quem era o culpado.

publicidade

Fonte: On Air with Ryan Seacrest