O Sistema de Cooperativas de Crédito do Brasil (Sicoob) desenvolveu uma solução de pagamento instantâneo por QR code em seu aplicativo, que será disponibilizada tanto para seus 4,6 milhões de cooperados, quanto para não cooperados. No momento, a solução passa por um teste piloto com cerca de dez mil usuários das 16 cooperativas que fazem parte do Sicoob. O lançamento oficial está previsto para o primeiro trimestre de 2020.

Batizado como SicoobPay, seu grande diferencial será agregar a opção de crédito em um pagamento instantâneo. A solução desenvolvida pelo Sicoob está em consonância com a iniciativa do Banco Central (BC) de pagamentos instantâneos, seguindo os parâmetros técnicos definidos até o momento. O SicoobPay será integrado à plataforma de pagamentos do BC assim que estiver disponível no mercado.

publicidade

No app do Sicoob, tanto recebedor, quanto pagador, poderão gerar um QR code dinâmico contendo o valor e outras informações necessárias para o pagamento instantâneo. Também pelo aplicativo, usando a câmera do celular, é possível escanear um QR code para realizar a transação.

Do lado do pagador, o SicoobPay estará disponível inicialmente apenas para cooperados. No ato do pagamento, o usuário poderá escolher entre três opções: pagar com seu saldo em conta corrente, pagar através de uma linha de crédito instantânea, com até 20 dias sem juros, ou parcelar em até seis vezes no crédito. Posteriormente, em uma segunda fase, o SicoobPay será aberto para não cooperados, mas estes terão que cadastrar algum meio de pagamento, como o cartão de débito ou a conta digital de outra instituição financeira, e não terão acesso às linhas de crédito.

Para receber pagamentos pelo aplicativo, não é necessário ser um cooperado, mas é preciso baixar o app do Sicoob para poder ler e gerar QR codes. Os cooperados recebem os pagamentos instantaneamente, ao contrário dos não cooperados, que precisam informar um banco, agência e conta de sua preferência para receberem o valor, transferido no fim do dia. Se for uma conta digital fora do Sistema Brasileiro de Pagamentos (SPB), a transferência acontece no dia seguinte.

A taxa cobrada do recebedor pelas operações também varia. Para cooperados que usam o sistema de máquinas de cartão do Sicoob, chamado Sipag, a taxa é de 0,6%. Os que não usam o Sipag pagam 0,8% de taxa. Já os não cooperados, 1,2%. Os valores podem mudar depois que a plataforma do BC for lançada.

Dos 4,6 milhões de cooperados, 3,7 milhões são pessoas físicas e o restante são jurídicas. Cerca de 3 milhões deles são heavy users do aplicativo. Essa é a base que deve utilizar o SicoobPay assim que ele for lançado.

Via: Mobile Time