EnglishPortugueseSpanish
publicidade

Uma nova era para as missões espaciais humanas teve início em março deste ano, quando a SpaceX enviou o Crew Dragon para a Estação Espacial Internacional (ISS). Agora, esse momento ganha mais um capítulo com o lançamento da capsula CST-100 Starliner da Boeing, projetada para enviar uma espaçonave que leva astronautas até o laboratório espacial. Se bem sucedida, a missão abrirá espaço para um lançamento tripulado ano que vem, levando astronautas americanos ao espaço pela primeira vez desde 2011.

O lançamento aconteceu com a ajuda do foguete United Launch Alliance Atlas V nesta sexta-feira (20), às 9h36 no horário de Brasília.

publicidade

canal da Nasa no YouTube transmitiu o lançamento histórico:

publicidade

Este é um momento chave para o Programa de Tripulação Comercial da Nasa, que está tentando lançar astronautas do solo dos EUA para a ISS pela primeira vez desde que o último ônibus espacial foi lançado, em 2011. O Teste de Voo Orbital da Boeing (OFT) é o equivalente à missão desmontada da SpaceX Crew Dragon que chegou com sucesso à ISS no começo do ano.

A SpaceX agora trabalha para realizar missões tripuladas. Para isso, a Boeing precisará concluir o OFT antes de ar o próximo passo para receber humanos a bordo do Starliner. Se tudo ocorrer dentro do cronograma, a cápsula entrará na ISS na manhã deste sábado e permanecerá na estação até dia 27 de dezembro antes de retornar à Terra.

“Este voo de teste nos fornecerá dados valiosos sobre o desempenho da Starliner no ambiente real em cada fase do voo e demonstrará sua capacidade de transportar a tripulação para a estação espacial e levá-la para casa com segurança”, afirmou o gerente de missão da Nasa, Trip Healey, em comunicado na segunda-feira.

 

Via: CNet