EnglishPortugueseSpanish

A partir de 1 de janeiro de 2020, a aclamada série “Friends” não estará mais disponível para streaming na Netflix e em nenhum outro serviço do tipo, por cinco meses. Entre janeiro, quando deixa a Netflix, e maio, quando estreia na HBO Max, a única maneira de assistir a série será comprando episódios individuais ou adquirindo coleções através de varejistas digitais.

A Amazon, o iTunes e até o YouTube possuem as 10 temporadas de “Friends” disponíveis para compra, os preços variam. No momento, a série completa está listada no iTunes por US$ 140, cerca de R$ 600. A Amazon oferece todas as temporadas da série por US$ 70, cerca de R$ 290, e o YouTube cobra US$ 200, cerca de R$ 840, ou US$ 19,99 por temporada, aproximadamente R$ 85.

publicidade

Esses valores são bem superiores aos cobrados em serviços de streaming, como o da Netflix. Tanto a Amazon quanto o iTunes costumam oferecer bons descontos para a compra de todas as temporadas de uma série, mas eles acontessem esporadicamente.

Reprodução

“Friends” é o segundo programa mais assistido disponível em uma plataforma de streaming, por isso, seu “desaparecimento” surpreende. Antes de 2020, havia somente alguns serviços de streaming disponíveis. Mesmo assim, a Netflix disponibilizou a maioria dos programas mais transmitidos de outras redes. “Friends”, “The Office”, “Grey’s Anatomy”, “Criminal Minds” e uma variedade de filmes da Disney estavam todos em uma plataforma.

Isso foi antes dos produtores e distribuidores de conteúdo criarem suas próprias plataformas, quando todos forneciam material para a Netflix ou para a Hulu. Agora, a Comcast (NBCUniversal), a AT&T (WarnerMedia) querem seus programas e filmes em suas próprias plataformas. Assim como “Star Wars” é um motivo para as pessoas se inscreverem no Disney+, a WarnerMedia está usando “Friends” como uma maneira de levas as pessoas para sua plataforma. Para assistir a “Friends”, as pessoas terão que pagar US$ 14,99, cerca de R$ 65, por mês para a HBO Max.

publicidade

“Friends” é só o começo. Em 2021, usuários que quiserem assistir a “The Office” – a série mais popular da hitória do streaming – terão que se inscrever no Peacock da Comcast.

O serviço de streaming deveria resolver o caos causado pela TV por assinatura e por suas diversas séries. Por um breve período entre 2011 e hoje, isso aconteceu. Mas agora, grandes empresas como Netflix e AT&T, brigam pelos direitos de “Friends”, e esse cenário não deve mudar tão cedo.

 

Via: The Verge