A próxima década vai ser a década dos carros elétricos. Pensando nisso e em uma forma de recuperar o dinheiro perdido com a diminuição na venda de gás, muitos estados americanos vão implementar novas taxas sob veículos elétricos a partir desta quarta-feira (1º). No Havaí, a cobrança será de US$ 50 (R$ 200). Em Alabama e Ohio, a taxa é de US$ 200 (R$ 800).

Essa é a primeira vez que são implementadas taxas especiais para carros elétricos. Esse é um marco significativo, já que a tendência para a tecnologia se cruza com a crescente necessidade de pagar por atualizações na infraestrutura do país. Apesar de os carros elétricos representarem menos de 2% das novas vendas em 2018, a participação deve aumentar substancialmente na próxima década. Com as taxas, as autoridades esperam recuperar parte da receita tributária perdida.

publicidade

O governo federal ofereceu diversos incentivos para que as pessoas comprassem carros elétricos. Porém, os créditos são eliminados para os modelos mais populares fabricados pela Tesla e General Motors. Os estados ainda buscam chegar a taxas consideradas justas para os proprietários de modelos elétricos.

“Os estados estão tomando medidas razoáveis sobre isso”, disse Loren McDonald, analista da indústria da Califórnia que administra o site EV Adoption, observando que alguns estão cobrando menos do que os proprietários poderiam pagar pelos impostos sobre combustíveis.

Via: AP News