EnglishPortugueseSpanish

A Amazon alertou alguns consumidores em suas plataformas de venda sobre a extensão “Honey”. De acordo com a empresa, a ferramenta apresenta um risco de segurança aos internautas.

Além do alerta, a companhia recomenda que a extensão seja desinstalada imediatamente. A “Honey”, que foi adquirido no fim do ano passado pelo PayPal, foi acusada pela Amazon de “rastrear os hábitos de compras particulares dos usuários e coletar dados como histórico de pedidos e itens salvos”. A ferramenta é utilizada para procurar e aplicar cupons de desconto em compras feitas pela internet.

publicidade

Uma das primeiras pessoas a notar o aviso foi Ryan Hutchins, editor do site Politico, que compartilhou a mensagem no Twitter. Diversos usuários responderam à publicação alegando que a Amazon realiza as mesmas práticas ao mostrar itens de interesse que podem apresentar preços menos no site.

Em entrevista ao Wired, um porta-voz da “Honey” negou que o acompanhamento feito pela extensão prejudique os clientes. “Usamos os dados apenas de maneiras que beneficiam diretamente os membros do Honey – ajudando as pessoas a economizar dinheiro e tempo”, disse.

Mesmo após o aviso, a extensão, que foi lançada para Google Chrome, Mozilla Firefox e Safari, continua disponível e pode ser instalada por qualquer pessoa.

Via: Uol