Existe um veículo icônico que é parte do programa espacial norte-americano, mas que nunca deixou o solo: é a Astrovan, um “motor home” Airstream adaptado para transportar astronautas durante o trajeto de 15 km entre o prédio que abriga o Centro de Operações do Centro Espacial Kennedy, na Flórida, e a plataforma de lançamento.

Com seu visual prateado e curvas arredondadas, ele é presença garantida em todas as missões tripuladas da Nasa desde a STS-9, a nona missão de um ônibus espacial, em 1983. Em homenagem à Astrovan, a Boeing e a Airstream anunciaram em dezembro passado o desenvolvimento de um novo veículo, a “Astrovan II”, que será usada nas missões tripuladas da Boeing com a cápsula CST-100 Starliner.

publicidade

Reprodução

A “Astrovan” da Nasa. Este modelo, baseado em um Motor Home da Airstream, é usado desde 1983.

Mas a SpaceX pretende abandonar a tradição em favor de algo mais… “moderno”. Os astronautas a bordo de missões tripuladas com a Crew Dragon serão transportados até a plataforma em um Tesla Model X branco. A SpaceX foi fundada por Elon Musk, que é CEO da Tesla.

A primeira viagem foi feita neste domingo, durante um ensaio de preparações para o lançamento às vésperas do teste do sistema de escape da Crew Dragon. Serão usados dois carros, dirigidos por funcionários da SpaceX. O segundo veículo irá transportar uma equipe de apoio. O visual futurista do carro combina com os trajes projetados pela SpaceX, e as portas “gaivota” dão aos astronautas mais facilidade para entrar e sair do veículo, mesmo usando um traje completo.

Reprodução

Doug Hurley (à esquerda) e Robert Behnken, astronautas que serão os primeiros tripulantes de uma missão da Crew Dragon.

A NASA não parece muito incomodada com o rompimento com a tradição: “é parte do jogo de aprendermos a trabalhar com um parceiro comercial”, disse Joshua Santora, porta-voz da agência.

A primeira missão tripulada a bordo da Crew Dragon deve acontecer no segundo trimestre de 2020.

Fonte: AP News